(Este livro não é recomendado para menores de 18 anos)
Ligeiramente Perigosos 
Ed: 01 – Arqueiro
Onde Comprar – Amazon
Sinopse:Aos 35 anos, Wulfric Bedwyn, o recluso e frio duque de Bewcastle, está ávido por encontrar uma nova amante. Quando chega a Londres, os boatos que correm são os de que ele é tão reservado que nem a maior beldade seria capaz de capturar sua atenção. Durante o evento social mais badalado da temporada, uma dama desperta seu interesse: a única que não tinha essa intenção. Christine é impulsiva, independente e altiva – uma mulher totalmente inadequada para se tornar a companheira de um duque. Ao mesmo tempo, é linda e muito, muito atraente. Mas ela rejeita os galanteios de todos os pretendentes, pois ainda sofre para superar as circunstâncias pavorosas da perda do marido. No entanto, quando o lobo solitário do clã Bedwyn jura seduzi-la, alguma coisa estranha e maravilhosa acontece. Enquanto a atração dela pelo sisudo duque começa a se revelar irresistível, Wulfric descobre que, ao contrário do que sempre pensou, pode ser capaz de deixar o coração ditar o rumo de sua vida.



“Ele não poderia usar seu título ou sua enorme fortuna para seduzi-la,
só que Wulfric não sabia como seduzir uma mulher sendo simplesmente um homem.
E, mesmo se fosse capaz disso, ela ainda estaria imune a ele só porque ele também 
era um duque e um homem abastado.” 
pág. 209



“Ele estava quase cego por causa da atração que sentia por ela. 
Estava apaixonado, maldição. Não gostava dela, se ressentia dela, 
desaprovava quase tudo o que dizia respeito a ela, 
e ainda assim estava perdidamente apaixonado, como um colegial tolo.” 
pag. 158



DIVERTIDO E INTENSO!



Desde que esse ultimo volume da série foi publicado estou louca para ler, mas fui procrastinando. Não sei como funciona com vocês, mas comigo, quando amo tanto uma série e ela chega ao fim me dá um aperto no peito de saudade e fico naquele dilema entre matar logo essa vontade louca de conhecer esse ultimo personagem e acabar logo com essa agonia ou deixa um pouco pra depois porque não quero me despedir tão rápido de algo que me encantou tanto.

Conhecendo bem o estilo frio, sistemático e preconceituoso que ele é, desde o inicio torci para que seu grande viesse na forma de alguém totalmente inadequada para ele e não errei na minha dedução. Christine é tudo o que Wulfric mais abomina na vida e ao mesmo tudo o que ele precisa. Christine não se prende a convenções e vive a vida de forma simples, porém feliz. O problema de ser um espirito livre, é que sempre há um preço se pagar por conta de algumas indiscrições, quando se é um poço de desastres então, é inevitável passar por situações constrangedoras.

Bewcastle assumiu um ducado tradicional e importantissimo quando ainda tinha 17 anos. E que desde os doze ele foi afastado dos irmãos e da infância para ser o duque implacável que é. No entanto agora que todos os seus irmãos estão casados e a lista de sobrinhos aumentando vertiginosamente com o passar dos meses ele se sente muito solitário e por não desejar passar mais tempo sozinho em Lindsay Hall aceita passar um tempo em uma temporada festiva no interior com um amigo.

É nessa temporada festiva que ele conhece Christine, uma jovem viúva de 29 anos que não apenas lhe derruba limonada nos olhos logo no primeiro encontro, como se mostra totalmente audaciosa por sustentar os frios olhares reprovadores do duque, demonstrando todo o seu divertimento com a situação. A jovem não se mostra nem um pouco disposta a ser aquilo que não apenas para agradá-lo e ao mesmo tempo que o acha um sujeitinho arrogante, sente-se demasiadamente atraída por ele também.

Cada nova situação constrangedora e a cada nova conversa, Wulfric tem certeza que Christine é totalmente nociva para si e para as pessoas ao seu redor, mas há algo na jovem que o faz sentir-se livre e lidar com a subta e inesplicável atração que sente por ela, será algo tão inusitado para ele quanto foi para qualquer outro dos Bedwyns.

Envoltos pela atmosfera da ultima noite da temporada festiva no interior, Wulfric e Christine acabam se entregando ao desejo que os consome. No entanto, Wulfric já havia feito besteira ao sugerir a jovem para ser sua amante e se entregar a atração que os unia seria algo perigoso.

Quanto mais certezas de que Christine não seria uma boa duquesa, mais Wulfric se vê empenhado em torná-la sua esposa. Mas como conquistar o coração dessa mulher se seus títulos e fortuna são infimos diante do homem apaixonado que ela espera encontrar?

Enquanto tenta provar a Sra. Derrick o quão perfeita pode ser a união entre os dois, Wulfric também descobrirá que há muito mais atrás da morte do marido da dama em questão e desmascarar os maus intensionados e conquistar seu coração serão suas mais ferrenhas e próximas metas.

Obviamente, como todo bom romance, depois de todos os percausos tudo termina bem. Mas não será fácil para nenhum dos dois aceitar o amor e admiração que sentem um pelo outro. Wulfric e Christine são lados opostos de uma mesma moeda, pensam e são completamente diferentes um do outro, mas por mais heterogêneos que eles possam parecer, simplesmente foram feitos um para o outro, eles se completam… Um simplesmente precisa do outro.

Esse é o dom da Mary Balogh quando escreve, ela consegue fazer o impossível se tornar possível com boas doses de humor, amor, sensualidade e uma certa pitada de drama. Seus personagens são forte e perspicazes o que dá uma pitada a mais em toda a trama. Foi por causa dessa sua capacidade que ela me pegou de jeito logo no primeiro volume da série e mal posso esperar para que mais livros dela sejam publicados aqui no Brasil.

Como já era esperado, terminei o livro totalmente encantada com seu desenrolar e seu romance. Nem preciso dizer que super recomendo cada um dos livros dessa série. Vocês estão carecas de saber. Quem não sabe, vou deixar as resenhas anteriores a seguir para que conheçam meus motivos para amar tanto essa família. No mais se procura romances de época originais, com personagens fortes e por algumas vezes complicados… não perca tempo e se apaixone por cada um dos Bedwyn também!

:: RESENHAS DOS VOLUMES ANTERIORES ::

1 -  Ligeiramente Casados
6 - Ligeiramente Perigosos

book cover of 

Slightly Dangerous 

Wook.pt - Ligeiramente Perigoso

10 Comentários

  1. Oi, Raíssa!
    Acho que esse livro é o mais aguardado da série. O irmão ranzinza. rsrs...
    Só li os dois primeiros livros e confesso que não gostei tanto quanto gostaria, mas ainda quero dar uma chance a essa série e terminá-la. Fico feliz que tenha gostado, pois isso só me dá mais forças para ler a série. o/
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu não curto muito essas séries longas e nem romance de época. Essa dica eu passo, apesar de ver o pessoal comentando super bem sobre ela.

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Olá! Tudo bom?
    Daí uma série que esta em minha lista de meta literária para 2017 e que até hoje não comecei, para ser sincera nem sei porque já que sou louca por livros assim, mas agora chega sua resenha me deu mais gás para ler kkk.
    beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
  4. Oi Raissa,
    Fiquei interessada nesse série desde a primeira vez que li sobre ela antes de ser publicada aqui no Brasil, então consegui o primeiro livro mas ainda não li (vergonha rs), mas quero muito ler com certeza acho que vou gostar tanto quanto você, mas eu não sabia que era uma série tão grande achei que terminava no terceiro já estou vendo que vou a falência. Adorei a dica.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Eu já li esse livro e adorei!
    Como sempre, a autora tem uma narrativa ótima, daquelas que me envolveu desde o primeiro instante.
    E o romance me fez suspirar! Não imaginava que iria gostar tanto do casal. Adorei do começo ao fim, e não vejo a hora de ler livros da autora.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  6. Adoro romance de época e essa série já me chama a atenção a séculos, mas como estou fugindo de séries no momento, vou ter que segurar a onda e esperar um pouco mais.
    Adorei sua resenha e anotar a dica, mas esperar o momento certo para começar a ler.

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Adoro livros com romance de época, esse é um dos livros que está na minha lista de desejados e sua resenha foi excelente sobre ele.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Simplesmente estou saturada de romance de época só de ler resenha, simplesmente não consigo gostar... parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Estou com essa série toda na listinha para ler e espero não ter pego muitos spoilers na resenha. Fiquei ávida para conhecer esse duque, porque sou a louca dos romances de época e é interessante o fato de Christine ser uma viúva, pois nem todas as regras da sociedade sobre o decoro se aplicam sobre ela. Enfim, fiquei curiosa para saber como esse romance vai se desenvolver!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  10. Oie!

    Infelizmente só li o primeiro volume dessa série, mas estou louca para comprar todos os outros volumes e realizar a leitura, tenho certeza que amarei cada história como amei a do primeiro livro!

    BJss

    ResponderExcluir