(Este livro não é recomendado para menores de 18 anos)
♥ Quando a Bela Domou a Fera ♥
Ed: 01 - Arqueiro
Sinopse
Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher. Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas. No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?


"Seus olhos se encontraram de um jeito que tinha tudo a ver com amor,
do tipo forte o bastante para fazer alguém voltar da cova,
do tipo que nunca desvanece e nunca falha."
pag. 302


DIVERTIDO!!!

Este é meu primeiro contato com o a escrita da Eloisa James, e se você não leu nada dela publicado em inglês ou em Portugal, talvez também seja o seu primeiro contato, já que este é o primeiro livro dela lançado por aqui. 

Para aproveitar a febre do lançamento do filme A Bela e a Fera, a editora decidiu publicar primeiro esse volume que é na verdade o segundo livro da série Contos de Fadas (Fairy Tales) da autora. Cada volume conta uma história independente então isso não vai alterar a leitura da série que já conta com cinco livros lançados no exterior, sendo todos eles baseados em alguma história de conta de fadas que já conhecemos. Os próximos livros a serem lançados pela Arqueiro aqui no Brasil serão, Um Beijo à Meia-noite e a Duquesa Feia, respectivamente. Sabendo que este livro foi lançado por conta do lançamento do filme, já sabemos em que conto de fadas ele é baseado. 

Sobre a escrita da autora, devo confessar que deixou a desejar, não por não ser envolvente, mas pelos pecados históricos mesmo, a falta de cuidado em manter certos padrões e linguajares. Eu gostei muito do livro, me diverti horrores com a leitura e sofri também, mas não dá para fechar os olhos para a enormidade de gírias atípicas do século XIX, a falta de determinado decoro sobre uma sociedade que na época prezava tanto pela moral e pelos bons costumes. Se eu não soubesse que estava lendo um romance de época, poderia jurar que estava lendo um enredo contemporâneo. 

Linnet é uma beldade e chama muita atenção por isso, algo que ela não gosta muito. Ter sua beleza exuberante sob a mira do príncipe da Inglaterra lhe dá a desculpa perfeita para fugir de cavalheiros indesejados, o que ela não esperava era que um vestido errado e uma situação constrangedora jogaria seu nome nas piores bocas da sociedade londrina.

Desesperados para casá-la logo e fugir do escândalo, seu pai e sua tia, decidem casá-la com Piers Yelverton, o conde de Marchant, um homem cujo mal humor é tão famoso quanto sua língua ferina, ou sua genialidade médica. Essa fama o levou a ser conhecido como a Fera de Gales e sem saber ao certo se haveria casamento ou não, ela é enviada sozinha para encarar o tão temido homem.

Piers e o pai não tem uma relação muito boa, por essa razão receber em seu castelo a noiva escolhida pelo velho duque, assim como o homem que para ele é um estranho há quase vinte e seis anos será complicado. Ele está irredutível quanto a se casar com alguém escolhido por seu pai, tanto quanto está decidido a nunca se casar com qualquer outra mulher por conta da perna defeituosa que tem, mas Linnet parece não ligar para isso e suas respostas perspicazes parecem encantá-lo cada vez mais.

Ela acredita que ele é impotente, isso faz com que ela não tenha medo das intenções dele, então o convívio entre eles parecia muito mais fácil e ela se sentia livre para ser ela mesma ao lado dele. As aulas de natação tornam as coisas cada vez mais interessantes e a crescente atração que os envolve acabará os levando para algo muito além do desejo.

Tudo parece ir maravilhosamente bem entre eles, quando uma epidemia de escarlatina faz com que Piers diga coisas que não gostaria e ver Linnet no limiar entre a vida e a morte o fará ver que não seria mais possível voltar a sua velha vida depois de tê-la em seus braços.

Antes de ter lido a nota da autora, eu passei a leitura inteira falando para minha mãe que o Piers era o Dr. House do séc. XIX. A postura, a bengala, a língua ferina, a falta de tato para lidar com as pessoas e a genialidade para a medicina deixaram bem claro que a autora havia se inspirado na personagem da série para criar sua fera, saber que ela realmente havia feito isso só confirmou minhas suspeitas. A relação dele com o pai, assim como a relação conturbada de seus pais deixa tudo mais emocionante, pois é realmente muito bonito acompanhar a redenção do velho duque para conseguir o perdão da mulher que ama e de seu único filho. Esse casal é muito fofo. ♥

Linnet não é uma personagem tão cativante quanto o Piers, ela não trás nada de novo para nós. Linda demais, por vezes coquete demais, que hora ou outra mostra sua inteligência, mas nada que realmente nos impressione muito. O que faz dela aquela personagem que você não vai abraçar desde o inicio as suas dores, já que ela não parece ser tão consistente quanto os demais personagens que vão surgir.

O livro é extremamente divertido! Não é um livro perfeito, é cheio de falhas, como já pontuei a vocês, mas a forma como Piers ficou com o problema na perna, a relação dos seus pais, assim como a situação em que ele reencontra Linnet quase morta e tudo que ele faz para salvá-la é muito lindo e emocionante, trazendo uma carga dramática perfeita para o enredo. Isso fará com que deixemos de lado todos os incômodos para devorarmos cada página e termos uma leitura muito prazerosa, divertida e encantadora.

Wook.pt - Milagre de Amor

16 Comentários

  1. Oi Raissa, mesmo com as falhas que vc comentou, esse livro continua na minha lista rs Preciso saber se ele é tão divertido quanto todos falam. Assim que ler te conto o que achei. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é legal sim, pontuei as falhas, para que ninguém fique reclamando depois que não foi avisado... rs
      Bjs

      Excluir
  2. Oi, Raissa. Não sei se você viu, mas no Facebook da Arqueiro vi uma leitora pontuando que houve falhas na expressões escolhidas durante o processo de tradução. Confesso que li, há alguns anos, a versão portuguesa e não me lembro de ter tantas expressões modernas. Fora isso, concordo que é uma história divertida com personagens fortes que sabem o que querem e a gente é que ganha com o confronto deles! Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beta.
      Infelizmente, não dá pra saber ao certo se é a tradução ou a autora. A língua portuguesa em Portugal é muito mais culta que a nossa, então deve ser por isso que não sentiu tanta diferença com a publicação de lá. Em todo o caso a trama em si também tem falhas, principalmente com o sumiço aparente da família da Linnet, uma hora eles estavam lá e depois não estavam mais - existem muitos pontos em aberto na construção do enredo também. Mas como disse, vale a diversão mesmo.
      Abçs

      Excluir
  3. Oi, Raíssa.
    Essa será a minha próxima leitura e estou super animada.
    Não ligo tanto para as imperfeições histórias que você apontou, então acho que vou aproveitar mais!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Oi Raíssa! Estou louca para ler esse livro, e apesar de ter ficado um pouco insegura quando você citou sobre a fala, pois eu acho super importante que a escrita seja baseada na época em que ocorre a história e na minha opinião,sempre faz com que ela seja mais emocionante. Isso não deixou de me despertar interesse no enredo, ainda mais pelo conde Piers ser baseado no Dr. House, achei isso genial! Adorei sua resenha e não vejo a hora de ler essa nova versão da Bela e a Fera, bjss!

    ResponderExcluir
  5. Oie tudo bem?!?!? Eu adoro romance de época e esse definitivamente é um dos melhores livros do estilo. A resenha ficou muito boa mesmo, mas já que você comentou toda a polêmica em torno da tradução, vou falar a minha humilde opinião de leitora.
    Eu acho que as pessoas não aproveitaram a oportunidade de conhecer um trabalho de tradução in loco como esse. Apesar das palavras de baixo calão que não são usuais na época, as gírias estão lá no original e as pessoas ao invés de fazer um questionamento sadio, sobre o que não lhes agradou e disseminou ódio na página da editora e não foi legal.
    Todos nós temos o direito e devemos questionar mesmo quando não está de acordo com as nossa expectativas, não é mesmo?!
    Mas vida que segue, como leitores devemos sempre lembrar primordialmente do respeito para com os outros.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Comecei a ler e não passei para o segundo capítulo, achei super diferente a maneira que a Autora escreveu. Não me agradou, mas depois de ler a sua resenha vou dar uma segunda chance! Bjs :*

    ResponderExcluir
  7. OOi!
    Há alguns pontos que não curto no livro, porém, a vontade de l~e-lo supera muito. kkkk Espero realizar essa leitura em BREVE, e saber que a obra é divertida me anima mais.
    Parabéns pela ótima resenha!
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Estava louca para ler esse livro, mas lendo suas considerações confesso que fiquei meio receosa. Juro que eu não sabia que era um romance de época. Mesmo meio receosa ainda quero fazer a leitura, mas não vou com tanta sede ao pote igual eu estava. Parabéns pela resenha. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá.
    Gosto de resenhas que são assim, sinceras, e apontam as falhas que o livro tem.
    Apesar de tudo, acho que o livro ser divertido é um ponto a favor dele e acho que por isso daria uma chance.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Oi Raíssa, sua linda, tudo bem?
    Estou super empolgada para ler esse livro, essa é a primeira resenha que leio. Que pena essa parte que falou do linguajar. Mas se apesar disso, voc~e se divertiu, se encantou e devorou o livro, tenho certeza de que irei adorar!!! Ele é baseado em uma das minhas histórias prefridas a bela e a fera e alé, disso, no House, personagem que também adoro. Já vi que irei me apaixonar. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Hey, tudo bem? Que bom que apesar desses pontos negativos a leitura foi assim divertida. Eu vi o lançamento mas não me interessei muito, pois tenho um sério problema com releituras hehehe. Mas de qualquer forma, adorei sua resenha e saber um pouco mais sobre essa história!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem? Nossa como fã assuída do gênero, e leitora voraz, não posso fechar os olhos para os pontos negativos. A autora tirou totalmente a ambientação e erros históricos? Acho que não dá né, se não pode ser classificado somente como romance. Confesso que já estava com um pé atrás de ler a autora pelas adaptações em histórias já conhecidas que eu particularmente não gosto. Agoro tenho mais a que pensar. Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi,
    Gostei de saber que são livros independentes e já tem 5 lançados. Mesmo com furos, ainda bem que o livro é divertido e emocionante, serviu para superar todos os erros.
    Parabéns pela resenha
    Vou ler em breve o livro
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Confesso que não sou muito fã de contos de fadas, mas A bela e a fera é um dos que mais gosto e saber que o livro é baseado nesse conto me deixa até que animada para fazer a leitura, mesmo sabendo que a autora cometeu certos deslizes quanto aos linguajares próprios à época.
    Adorei saber que a leitura é divertida e espero poder fazê-la em breve.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir