#Lançamentos: GUTENBERG - Janeiro/2015

Fala Galera!!! Tudo em cima??

Toda segunda, quarta e sexta é dia de divulgar os lançamentos parceiros aqui no blog e apesar de ter optado pelos lançamentos nos dias de seus lançamentos mesmo, algumas das editoras parceiras do blog não informam a data de lançamento... então, essas continuaram sendo publicadas como antes e etc.

Hoje o lançamento é da editora Gutemberg, que investiu pesado em Maya Banks e está trazendo para nós, amantes de um bom e intenso romance quente a trilogia Slow Burn, tendo seu primeiro volume publicado sob o título de Proteja-me.

Ficaram curiosos? Bem, vou apresentar o livro para vocês e claro... indicar lugares legais para vocês poderem comprá-lo. Como não vou ter a oportunidade de lê-lo em parceria, vou por ele na lista de aquisições futuras... rsrs 

Vamos la....

♥ Proteja-me ♥
Sinopse: 
Caleb Devereaux é um homem atraente, herdeiro de uma família rica e poderosa. Quando sua irmã caçula é sequestrada, ele tenta de tudo para encontrá-la, mas todos os esforços são em vão. A última esperança é Ramie St. Claire, uma jovem sensitiva de quem ouve falar, e que teria o poder de se conectar com pessoas localizando-as ao tocar em um objeto delas. Caleb conhece Ramie e instantaneamente os dois percebem que a atração entre eles é intensa. O que o milionário não imagina é que a habilidade da bela moça tem um alto preço: ela vivencia a dor de quem ajuda, e isso custa-lhe sua própria vitalidade. Por isso, depois de achar a sequestrada, Ramie desaparece da vista do rapaz. Ao mesmo tempo arrependido pelo sofrimento causado à jovem e profundamente fascinado por ela, ele tenta encontrá-la sem êxito. E quando pensa que Ramie havia partido para sempre, ela reaparece, e desta vez é ela quem pede ajuda. Seu dom a colocou em perigo e ela está sendo perseguida. Agora, Caleb vai fazer qualquer coisa para protegê-la, arriscando tudo, inclusive seu próprio coração. 
Compre: GUTEMBERG - 29,90 | • SUBMARINO | • EXTRA | • AMAZON | • SARAIVA - 23,90


Espero que tenham curtido a novidade...



#Resenha: Simples Perfeição - Abbi Glines [2/2]

♥ Simples Perfeição ♥ Ed. 01 - Editora Arqueiro
Woods teve sua vida traçada desde o berço. Cuidar dos negócios da família, casar com a mulher que os pais escolheram, fingir que riqueza e privilégios eram tudo de que ele necessitava. Então a doce e sensual Della apareceu e conquistou seu coração, abrindo seus olhos para um novo futuro. A vida do casal seguia para um final feliz, até acontecer um imprevisto: a morte do pai de Woods. Da noite para o dia, o rapaz herda o império Kerrington e, embora sempre tenha almejado essa posição, precisará de toda ajuda possível para provar que está à altura de tanta responsabilidade. Della está determinada a ser o apoio de que Woods necessita, mas os fantasmas do passado ainda estão presentes e mais intensos do que nunca. Pressionada pela ex-noiva e pela mãe de Woods, ela toma a decisão mais difícil de sua vida: abdicar da própria felicidade pelo homem que ama. Mas os dois terão a força necessária para seguir em frente um sem o outro? Concluindo a sedutora história de Woods e Della, Simples perfeição é o romance mais surpreendente de Abbi Glines e mostra que encontrar alguém pode ser um golpe do destino, mas descobrir a perfeição ao lado dessa pessoa requer aceitar a si mesmo e superar os piores obstáculos a dois.
(Este livro é recomendado para maiores de 18 anos)


"Ela é a minha perfeição. Tem meu coração nas mãos. Quando eĺa sofre, eu sofro. Não há como explicar a você como me sinto. Apenas compreenda que nao vou permitir que mais ninguém a magoe. 
Eu perco um pedaço da alma quando a vejo sofrer." 
pag 9


Olha euuu aquiiii ♪♫ (nem sei se a música é assim, mas sigamos... rsrs)

Enfim, chegou o último volume da duologia Perfeição, que conta o desfecho da história de Woods e Della. Já vou logo dizendo que vai ter gente rangendo os dentes com o final desse livro e mais um bom punhado de pessoas largando de ler a Abbi depois de lerem algo que vai acontecer nesse livro. Eu também fiquei passada, achei desnecessário e o motivo para tal muito fraco, ela tentou justificar o motivo relacionando algo no passado dos personagens que pra mim foi fraco. Se eu não fosse tão encantada pelo Grant, também deixaria de ler a série, pois ela não será mais a mesma após o acontecido.

Para ser muito franca eu esperava mais... principalmente após o final trágico do primeiro volume, eu realmente achei que a coisa ia ser mais complicada de se lidar nesse volume, achei que eu ia chorar tanto que seria chamada para ir sentar na Cantareira para ajudar a encher lá. Achei que a mãe dele ia fazer da vida da Della um inferno, a única hora que as duas se encontram a autora não descreveu, o que achei que devia ter feito, já que a maior parte do livro foi enrolação e uma tentativa vã de fazer ponte com a próximas séries.

Abbi continua escrevendo de forma envolvente nesse volume, apesar do enredo falho desse volume, a escrita continua te prendendo, o que te leva a ler o livro em poucas horas, mas insisto que poderia ser melhor, muito melhor. Com esse segundo livro de encerramento que li dela notei que ela consegue te arrebatar nas introduções de seus romances, mas decaí muito sua qualidade de escrita nos últimos volumes, algo que aconteceu em Amor Sem Limites e em Simples Perfeição. Ela tem nas mãos grandes desfechos e não consegue amarrar e te arrebatar como fez no volume introdutório. Fazendo da conclusão satisfatória ou não, porém não excelente.

Gostei da busca da Della, realmente achei válido o afastamento dela e do Woods por algumas semanas, ele é muito possessivo e protetor e a Della precisava realmente entender que ela era capaz de lidar com seus medos sozinha e tal, mas daí por diante foi só enrolação. O tal acontecimento que disse que vai acontecer vai unir mais os dois, mas não precisava daquilo tudo, pois eles já sabiam que podiam contar um com o outro desde o primeiro volume da série, ela podia ter perdido tempo casando os dois e ela descobrindo que está gravida. É o clichê que eu esperava em um livro pra lá de clichê, mas ela preferiu enrolar, enrolar... e matar quem não devia. (ops!)

No livro anterior vimos uma mocinha criada em meio a loucura e opressão que busca conhecer o mundo e aprender a lidar com seus medos e terrores daquele passado cheio de abusos e sofrimento. Então ela conhece Woods e descobre a verdadeira força do amor. Após lutarem para assumir esse amor, Woods recebe a notícia de que seu pai estava morto e ambos retornam para Rosemary Beach.

Com a morte do pai de Woods, ele herda toda a fortuna e bens do pai, e uma mãe desgostosa que faz questão de deixar claro que não gosta das escolhas do filho. Se não bastassem os problemas que Woods e Della enfrentam com o rancor da mulher, ela permite que Angelina vá morar com ela o que torna o convívio entre mãe e filho ainda pior.

Nada está fácil para o casal. Woods está cheio de trabalho, a mãe precisando de ajuda e Della fazendo absolutamente nada. Woods não permite que ela trabalhe ou que ela busque fazer algo, sentindo-se um pouco sufocada com o fato de ter saído de um carcere e entrado em outro, ela consegue fazer com que ele a admita novamente no clube. Ela quer ser útil, quer provar para ele e para a mãe que ela não é uma louca frágil demais para lidar com a vida.

Seus terrores noturnos ainda estão presentes e suas crises diante de ataques violentos vindos da sogra e da ex de Woods fazem com que ela se sinta cada vez mais indigna de ficar ao lado de um homem com tantas responsabilidades na vida. Após um mal entendido, Della liga para Tripp e decide partir da vida do homem que ama, para não atrapalhá-lo mais.

Woods fica louco quando descobre que a mulher que ama mais que a própria vida o deixou e se não fossem seus amigos, ele teria virado o país atrás dela. Tripp e Braden iriam ajudar o casal, mas ele precisava dar um tempo a Della, ele precisava deixar que ela visse que estava errada e enfim tomasse a decisão de voltar para ele. Ambos tinham de lidar com isso, Della com seu passado e Woods com sua possessão.

Em sua viagem de alto descoberta, Della terá uma grande revelação. Algo que mudará para sempre a sua vida e o modo como ela poderia viver dali por diante. Ela sabe que tem de voltar para Woods e ele sabe que precisa deixar que ela ande por suas próprias pernas... e lidar com o que estava por vir era um dever dos dois.

Como disse o desenrolar do romance é interessante, eu gostei muito dessas descobertas de ambos, eles continuam sendo meus personagens favoritos na série, mas tudo isso acontece muito rápido, e as próximas 95 páginas restantes do livro giram em torno de uma enrolação sem tamanho na péssima tentativa de criar uma ponte entre o romance do Woods e da Della com o do Grant com a Harlow. Sem falar no tal acontecimento que não posso falar, que vai deixar muita gente com sangue nos olhos, mas que irá deixar no ar o romance do Tripp. Gosto muito dele, acho ele um cara demais, um motoqueiro daqueles de arrancar suspiros. Ele, Grant e Woods são meus personagens favoritos, mas não achei todo o acontecido necessário para que o romance dele comece a tomar forma...

Bem, para quem leu o primeiro volume é uma boa pegar para ler. Para quem não leu eu recomendo o livro, ele é legal, mesmo que algumas coisas não tenham me agradado, achei o romance da Della e do Woods uma graça e fiquei feliz que eles encontraram uma forma de lidar com suas diferenças e tudo o mais. Woods não me decepcionou em nada, ao contrário do Rush que sempre fica dando ouvidos pra vaca da Nan. Ele não permite que ninguém fale nada da Della e a defende com unhas e dentes... isso nele é que me faz amá-lo, pois sei bem como é ter um namorado banana que faz tudo que mamãe e papai dizem! Era de um mocinho assim que eu precisava conhecer e não me decepcionei com ele e seu envolvimento romântico. Foi uma boa conclusão, mas como já disse... poderia ter sido beeeem melhor!

Quem venha o Grantporque sou brasileira e ainda não desisti da série... vamos ver até quando.

Leia todas as resenhas que fiz dos livros da Abbi Glines:


book cover of 

Simple Perfection


#Resenha: Paixão ao Entardecer - Lisa Kleypas [5/5]

♥ Paixão ao Entardecer ♥ Ed: 01 - Editora Arqueiro
Mesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança. Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles. Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga. A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio. Prudence não tem a menor intenção de responder, mas Beatrix acha que ele merece uma palavra de apoio – mesmo depois de tê-la chamado de estranha e dito que a jovem é mais adequada aos estábulos do que aos salões. Então começa a escrever para ele e assina com o nome da amiga. Beatrix só não imaginava o poder que as palavras trocadas teriam sobre eles. De volta como um aclamado herói de guerra, Phelan está determinado a se casar com a mulher que ama. Mas antes disso vai ter que descobrir quem ela é.
(Este livro é recomendado para maiores de 18 anos)


"Em meio a todo o barulho, aos homens e à loucura,
 tento pensar em você na sua casa secreta... minha princesa na torre. 
E minha estrela-guia na janela." 
pag 34


Ahh!! O último Hathaway! Como é difícil dizer adeus a essa família, mas lá vou eu, tentar não chorar (mais ainda) com a lembrança de que já conheço todos os segredos dessa família extraordinária. Sim, ainda tenho os livros e poderei lê-los quantas vezes desejar, mas nada será como a primeira impressão que ficou gravada em mim. As sutilezas, os mistérios, as loucuras e as excentricidades que nos arrancam boas risadas com o desenrolar de cada volume. Lisa criou uma família tão excepcional, tão intensa... que é impossível dizer adeus a eles nesse último e emocionante volume da série.

Beatrix, a irmã selvagem, a caçulinha Hathaway e seu apaixonado, porém ferido, soldado tentando vencer seus medos e preconceitos para ficarem juntos. Simplesmente, perfeito. Lisa começou com a série de forma arrebatadora e a encerrou com chave de ouro, nossa menina selvagem merecia um homem como Christopher Phelan, mas principalmente, ela merecia um amor incondicional com que foi brindada pela autora.

É sério, gente! Está difícil falar sobre esse livro sem me emocionar, pois com certeza foi um dos melhores da série. As cartas, breves, porém intensas trocadas pelo casal são de arrancar lágrimas, o sofrimento de Bea, tão papável que aflige nossos corações. Ver seu sofrimento enquanto aquela mentira a afastar cada vez mais do homem que aprendera amar e a consome é de cortar o coração, pois, pra quem acompanhou até esse último volume, sabe que mais do que ninguém, Beatrix é uma moça de coração puro e muito justa. 

Já no prólogo temos a ultima carta que ela encaminha a Phelan, um apelo desesperado para que ele retorne e descubra quem ela é, mas sem nenhum esperanças de que um dia ele venha aceitá-la como a autora daquelas belas e intensas cartas. Tudo começa quando a bela, porém mesquinha, Prudence recebe a primeira carta do belo e arrogante capitão Phelan, decide ignorá-lo. Prudence é uma moça interesseira e só aceitou a corte de Phelan, pelo status que sua patente de oficial poderia lhe conferir, mas não estava nem aí para seus sentimos ou suas agruras na guerra. Compadecida, Beatrix, pede permissão a amiga para escrever em seu lugar. Uma resposta breve, que fosse capaz de aliviar a dor e a saudade de casa do homem em guerra.

Beatrix seria a última pessoa em Hampshire capaz de se compadecer por Christopher, porém mesmo que ele a tenha desdenhado e tratado mal uma vez, era um homem lutando para defender sua Pátria e ela jamais permitiria que alguém abandonado ou em perigo fosse relegado ao esquecimento. Porém não esperava encontrar um homem diferente do arrogante e impertinente homem que dissera que ela era mais apropriada aos estábulos do que aos salões de festa.

A singela troca noticias, se tornam recados apaixonados, intensos... eles se encontram perdidamente apaixonados e aquela mentira tem de acabar. Beatrix está decidida a terminar tudo, Christopher era um herói de guerra que com a morte precoce se seu irmão mais velho se tornou futuro herdeiro de um título de nobreza e ela sabe que jamais teria lugar em sua vida para uma mulher excêntrica como ela. Queria dizer a verdade, mas o melhor para ele naquele momento era ficar com Prudence.

Enquanto lutava na guerra Christopher encontrava nas doces palavras de Prudence o refrigério que precisava para o inferno em que vivia e sabia que se sobrevivesse aquela guerra, voltaria e se casaria com ela, custasse o que custasse. Porém, quando retornou teve a certeza de que jamais voltaria a ser o homem que um dia ele fora, irritadiço, mal humorado, Chris é como uma fera enjaulada. Tem ataques de fúria, momentos de semi-lucidez e um mistério para resolver... Se aquela Prudence a sua frente, não é a sua Prudence, não é a mulher intensa das cartas... quem poderia ser ela? Ele está desconfiado de que seja Beatrix Hathaway, em um joguete mesquinho para fazê-lo pagar pelo que dissera sobre ela certa vez, mas odiá-la já a amando tanto é uma atitude difícil, principalmente porque quanto mais convive com a moça, mais encantado fica seu jeito de ser.

Ele está ferido, traumatizado... sente-se culpado... é atormentado dia e noite pelos horrores daquela guerra. Jamais seria capaz de por Beatrix em risco diante da sua insanidade pós-guerra, mas não seria capaz de vê-la nos braços de outro homem. Ambos teriam que aprender a conviver, para o bem deles e do amor que sentiam... e ele sabia que Bea seria capaz de tudo para mantê-lo dentro da realidade, mesmo que os horrores fossem intensos, ele sabia que ela estaria ao seu lado para confortá-lo.

Acho que já deixei claríssima a minha paixão por essa série e não poderia deixar de falar o quanto amei esse livro. O romance é singelo, intenso, emocionante... apaixonante! Simplesmente arrebatador e tão gostoso de ler que quando você olha, já está quase acabando. O Chris é um cara sensacional, mesmo com todos os problemas dele, é capaz de amar e demonstrar esse amor em sua forma mais pura e crua. Bea continua encantadora, com seus bichinhos, inteligência acima do aceitável para a sociedade e tão decidida e forte que você torce por ela o tempo todo, sofre com ela, ri com ela. E o menininho da Amélia, gente que criança inteligente e esperta... vocês vão rir muito com as aparições dele na história e ouso dizer que anseio por um romance dos herdeiros dessa família, pois eles seriam tão excepcionais quanto seus pais... rsrs

Voltando ao foco.... se você é um apaixonado por romances. Se você ama romances de época, não perca seu tempo, adquira a série inteira e se jogue na leitura... garanto que você também vai se encantar e ler um seguido do outro como eu fiz com essa série. 

Um alerta para quem vai começar essa série... é difícil não se apaixonar pelos Hathaways! 

book cover of 

Love In The Afternoon
(Essa série não foi lançada em Portugal,)

Top da Virada - Resenhas Válidas para a Promoção #Sorteios



Oi gente! Tudo bem?

Estamos entrando na última semana de participação para o Top Comentarista da Virada e ao contrário do que imaginei não tenho nem três participantes para poder presentear pelos dois meses de comentários assíduos. 

Nos meses de dezembro e janeiro costumo fazer um top comentarista maior e com mais presentes para presentear quem saiu de férias ou está viajando poder participar e tal. E pelo primeiro ano, desde o retorno do blog a ativa, o povo simplesmente desapareceu.. rsrs

Já participei de muitos top comentaristas em minha vida de blogueira já vi de tudo para se participar desses sorteios, pessoas se matando de comentar porque alguns exigem comentários em 100% das resenhas.  Eu ao contrário de muitos blogs só exijo do meu leitor 4 resenhas comentadas para primeiros participantes, valendo em postagens de 2 meses e apenas um do mês vigente para quem já participou do mês anterior, como um sinal de que a pessoa está interessada em participar da promoção.

Infelizmente, ninguém participa... até quando sorteio um lançamento do mês. Enfim, não vou ficar aqui chorando porque cada um faz o que quer, mas é impossível não ficar meio chateada com isso, principalmente, porque tento fazer o melhor para que vocês tenham mais conteúdo e um contato mais humano comigo. Ao contrário de muitos blogs eu tiro os prêmios do meu próprio bolso.

Então, para ver se vocês se animam, fiz uma seleção das resenhas válidas para o Top Comentarista da Virada, mas já vou lembrando que não farei isso novamente! Não acho assim tão complicado seguir as regras do sorteio, pois já vi piores e muita gente participando.

Enfim... vamos as resenhas válidas, só clicar nos títulos para comentar. Lembrando que o formulário de participação está nessa postagem:




Para participar do Top Comentarista da Virada você precisa seguir as regras abaixo.

► Regras: 

:: Tem início dia 16/12 e vai até dia 31/01 - Resultado: 03/02 ::

♠ Residir no Brasil; 
♠ Seguir o Blog no GFC (em Seguidores na coluna lateral do blog);
Comente em no mínimo 4 resenhas entre os meses de Dezembro e Janeiro. Se comentar em todas tem mais chances de ganhar. (não são aceitos comentários em postagens de promocionais *sorteios*
♠ Preencha e coloque os links dos seus comentários no formulário abaixo; (sempre que comentar preencha o formulário)

 **** ATENÇÃO: **** 
♠ Para ter sua participação válida: 
          - Comente no mínimo 4 (quatro) resenhas válidas dentro dos dois meses informados do blog de forma coerente. (mostre que leu o que foi escrito. Eu quero, Eu li, Eu gosto, não serão aceitos.) COMENTE 4 RESENHAS EM DEZEMBRO E/OU JANEIRO

♠ Se você comentar em todas as postagens referentes ao mês de Dezembro e Janeiro terá mais chances de ganhar, pois cada comentário feito além das 4 resenhas contará como número extra. Ou seja quanto mais você comentar, mais chance tem de ganhar. (lembrando: postagens promocionais não serão aceitas);

Entenderam as regras? 

Você vai validar sua participação com 4 resenhas comentadas dentro dos meses estipulados e a cada postagem a mais comentada e inserida no formulário contará como números extras para você. 

O sorteio continuará sendo feito pelo Ramdon.Org. 



:: Dúvidas Frequentes :: 

- Eu comentei em quase tudo... ficou faltando só uma resenha para fechar quatro. Eu participo do sorteio?
R: Não, você não participa

- Eu comentei apenas em quatro resenhas de um mês, Raíssa. Não comentei as demais postagens... Eu participo? 
R: Não, você não participa. A ideia do blog é divulgar resenhas, então você só participa se comentar as resenhas mínimas dentro do sorteio. 

- Eu comentei todas as postagens do blog e comentei seis ou mais resenhas. Eu ganhei?
R: Não, mas tem mais números extras para ganhar o sorteio que os demais concorrentes que comentaram apenas as quatro resenhas estipuladas para cada mês

 QUALQUER DÚVIDA SÓ PERGUNTAR NOS COMENTÁRIOS.

- ATENÇÃO 
○ O Top-Comentarista de maio tem inicio dia 16/12 e vai até 31/01; 
○ O resultado saíra dia 03/02; 
○ Um e-mail será enviado ao ganhador, e ele terá de respondê-lo dentro do prazo firmado no e-mail. 
○ Caso o ganhador não responda ao e-mail dentro do prazo, outro sorteio será feito entre os demais concorrentes; 
○ O blog tem um prazo de 35 dias para encaminhar o livro ao ganhador. 
○ Todos os custos desse sorteio são responsabilidade da administradora da página. 
○ Regras sujeitas a mudanças sem avisos prévios;

:: BOA SORTE :: 


#Parceria Editorial: Editora Gente e Única Editora


Olá, Leitores!! Tudo legal?

Hoje vim aqui apresentar a vocês a mais nova editora parceira aqui do blog. Acho que nem preciso dizer que estou muito feliz em dividir esse momento com vocês, né? É sempre um grande prazer firmar parcerias de peso, pois isso ajuda a ampliar a divulgação dos dois lados e claro, amplia as novidades para vocês que confiam no meu trabalho e nas minhas indicações.

Não quero me delongar muito, pois estou aqui para apresentar a editora Gente e seu selo Única a vocês. É um grande prazer integrar um grupo editorial com três décadas de existência ao nosso cantinho literário. 

A editora lança livros com assuntos bem abrangentes, mas o foco central dessa parceria é a ficção, cujos livros são publicados pelo selo Única. Então, siga as editoras nos links abaixo para receber as novidades e aguarde, pois teremos muitas resenhas e promoções em parceria com eles.

Redes Sociais
Facebook: Gente | Única
Instagram: Gente & Única
Twitter: Gente | Única

Gente Editora     ÚNICA Editora

Espero que tenham gostado das novidades, trarei muitas mais sobre essa parceria em breve.




Página inicial Postagens mais antigas

Editoras Parceiras